Com auxílio da tecnologia Enel utiliza drones para realizar inspeções subterrâneas

A empresa Enel Distribuição em São Paulo, começou a utilizar drones para inspecionar suas concessionárias de redes de distribuição. Entretanto, estes equipamentos serão usados para a inspeção subterrâneas, e não as que ficam na superfície. Agora, é preciso saber que essa tecnologia ainda é nova nas demais empresas do setor de eletricidade. Além disso, o evento promete segurança, agilidade e suprir a falta de clientes e funcionários.

Publicidade

Sobre a utilização da tecnologia a favor da empresa

A Enel possui  aproximadamente 10 mil estruturas que ligam na rede subterrânea, que são chamadas de ‘’caixas’’. Os eletricistas da empresa visitam regularmente esses locais para fazer inspeções de imagens térmicas, elétricas e de medição de gás para garantir a segurança e o perfeito funcionamento das instalações.

VOCÊ PODE SE INTERESSAR: Conheça bancos digitais criados para consumidores específicos

Publicidade

Todavia, trabalhar nesses espaços apertados e com riscos de insalubres com bastante transformadores e interruptores é uma tarefa difícil que requer reciclagem contínua, além de treinamento especial. Então, para proteger os trabalhadores, é necessário garantir funções que possam ser desmontadas em caso de acidente, como a instalação de um tripé para levantamento rápido e o uso de detectores de gás.

Contudo, a operação com drones requer apenas dois, em vez de uma equipe de três profissionais. As condições que existem dentro da caixa são gravadas por uma câmera com resolução 4K, e as imagens são encaminhadas para os bastidores da distribuidora para providenciar as ações de manutenção (se aplicável). O equipamento fabricado pela suíça Flyability é protegido por uma estrutura esférica para evitar choques e quedas, e foi testado no Centro de São Paulo, Avenida Paulista e ao longo da Alameda Santos.

Publicidade

O que é a empresa Enel?

Como a maior empresa privada do setor elétrico brasileiro, a gigante desempenha um papel de desenvolvimento e liderança de energias renováveis ​​no país. Por isso, a distribuidora possui negócios em toda a cadeia de energia e, além de soluções, fornece também transmissão e comercialização de fonte de energia. Agora, por meio de quatro afiliais localizadas nos estados de são Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Ceará a empresa beneficia energia de aproximadamente 17 milhões de clientes residenciais, industriais, comerciais, setor público e rurais.

Em termos de geração de energia, a companhia é uma das líderes em fornecimento de energia solar. Portanto, a maior operação da usina solar no Brasil fica em Nova Olinda, Piauí, e além disso, a Enel também é uma das maiores empresas de energia eólica no país. Também estão instalados pequenas centrais hidrelétricas (PCH) em vários estados, uma usina hidrelétrica em Goiás e uma termelétrica de ciclo combinado (gás e vapor) no Ceará.

Em suma, o uso de drones permitirá que a Enel faça a varredura de seus transformadores em uma frequência mais alta. Atualmente, faz isso a cada três anos. Além disso, segundo o Bruno Cecchetti, responsável pela tecnologia, os drones trará mais segurança para os colaboradores. Então, a companhia está economizando e otimizando tempo. Se quiser saber mais assuntos sobre tecnologia continua acompanhando nosso site.

VEJA TAMBÉM: Marketplace, E-commerce ou Vitrine Virtual? Saiba mais!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*