Correios oferecerá serviço de rastreamento em tempo real das encomendas, chamado RFID. Confira!

Recentemente, os Correios anunciou uma implementação a identificação de encomendas por RFID (Radio Frequência) em seus trabalhos. Essa tecnologia permitirá o rastreamento de pedidos em tempo real. Além disso, esse recurso já está autorizado para uso, os anunciantes que assinarem acordos com as estatais já podem enviar os pedidos com o código desde pré-postagem até a entrega, por meio desse webservice.

Publicidade

Segundo a empresa, a nova aquisição foi adquirida pelos mais diversos setores da indústria, e opera através de rótulos e etiquetas garantindo assim o máximo de informação sobre a movimentação do pacote e consequentemente diminuindo erros no serviço, como, por exemplo, o extravio e perdas de produtos. Os correios afirmam que não importa qual método de aplicação RFID seja usado, eles estão prontos para receber quaisquer informações necessárias ao transportar as mercadorias. No entanto, apenas quem adquirir o lançamento pode usufruir dos benefícios deste método.

RFDI ou Código de barras?

Antes disso, o rastreamento da agência se baseava apenas na leitura manual e pessoal do código de barras de cada pacote e na passagem do ponto. Dessa forma, a atualização do status de entrega não ocorre necessariamente ao mesmo tempo que a operação, pois também conta com a alimentação manual do sistema, o que impossibilita a alteração mesmo em um período de transmissão muito curto. RFID não pode substituir completamente a tecnologia atual, mas pode complementá-la. Este tipo de leitura não requer contato visual e pode ser realizado a uma distância de até 10 metros. Portanto, dezenas de encomendas podem ser identificadas em poucos segundos.

Publicidade

Rastreamento por RFID já está disponível

Porém, o uso desse novo rastreamento não é obrigatório, sendo possível aderir apenas as empresas que quiserem. Mas, as instituições que aderirem terão um desconto de 50% no valor declarado de encomendas (sendo o valor original de 1%, será reduzido para 0,5% sobre a declaração). Contudo, nesse conceito o usuário que declarar o valor correto da mercadoria terá a opção de reembolso em caso de extravio.

Como funciona os Correios

Os Correios oferecem as mais avançadas soluções tecnológicas para atender às necessidades de comunicação de empresas e instituições em um mercado cada vez mais competitivo. Entre os produtos comercializados pela empresa, a Sedex foi fundada em 1982. Com foco nessa modernização, se multiplicou para outros modelos e agora, oferecem o Sedex 10, Sedex 12. Atualmente, o mais usado é o Sedex Mundi. A agência dos correios também atua como banco postal e, segundo a empresa, atende milhares de pessoas que antes se deslocavam para cidades vizinhas para realizar operações bancárias simples. Agora podem realizar facilmente todos os seus trabalhos na cidade.

Publicidade

Atualmente, os Correios podem conduzir negócios estrangeiros e eletrônicos postais, serviços financeiros e de logística integrada. Portanto, estabelecer subsidiárias, obter controle ou patrimônio de empresas estabelecidas e estabelecer parcerias comerciais para agregar valor à sua marca e rede de serviços. Em suma, o Correio além de fornecer um trabalho de logística mais seguro e com o mínimo de erros, o uso dessa ferramenta fornecerá mais um ganho econômico para a empresa, reduzindo jornadas de trabalho e recursos financeiros.

VEJA TAMBÉM: Marketplace, E-commerce ou Vitrine Virtual? Saiba mais!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*