73% das lojas virtuais no Brasil são familiares

Publicidade

Publicidade

Uma pesquisa recente revelou que 73% das lojas virtuais no Brasil são empresas familiares. Isso significa que a grande maioria dos e-commerces brasileiros são gerenciados por famílias, muitas vezes com menos de 10 funcionários.

Alguns pontos importantes da pesquisa:

– 73,5% dos e-commerces são familiares: Isso significa que a maioria das lojas virtuais brasileiras são gerenciadas por membros da mesma família, como pais e filhos, irmãos, cônjuges, etc.

– 86% dos e-commerces familiares têm menos de 10 funcionários: Isso indica que a maioria dos e-commerces familiares são pequenos negócios, com uma equipe enxuta e multifuncional.

– 45,7% dos e-commerces familiares são empresas individuais: Isso significa que quase metade dos e-commerces familiares são gerenciados por apenas uma pessoa, o que demonstra a força do empreendedorismo individual no Brasil.

Por que as lojas virtuais familiares são tão comuns no Brasil?

lojas virtuais
Imagem ilustrativa – As empresas familiares virtuais movimenta muito a economia do Brasil.

Existem algumas razões para isso:

– Cultura familiar: A cultura brasileira é muito focada na família, e isso se reflete no mundo dos negócios. Muitas famílias veem o e-commerce como uma oportunidade de trabalhar juntas e construir um negócio próspero.

– Baixo custo de entrada: Começar um e-commerce é relativamente barato, o que torna essa opção acessível para famílias com recursos limitados.

– Flexibilidade: O e-commerce oferece flexibilidade de horário e local de trabalho, o que é importante para famílias com filhos ou outros membros que precisam de cuidados especiais.

 

O futuro das lojas virtuais familiares no Brasil

lojas virtuais
Imagem ilustrativa – A maioria das lojas virtuais no Brasil, são administradas por uma só pessoa.

O futuro das lojas virtuais familiares no Brasil é promissor. O e-commerce brasileiro está crescendo rapidamente, e as empresas familiares estão bem posicionadas para aproveitar esse crescimento.

Com a experiência e o conhecimento que já possuem, as lojas virtuais familiares podem continuar a prosperar e contribuir para o desenvolvimento do e-commerce no Brasil.

 

Desafios das lojas virtuais familiares

– Falta de recursos: As empresas familiares podem ter dificuldade em competir com grandes empresas em termos de recursos financeiros e tecnológicos.

– Profissionalização: As empresas familiares precisam se profissionalizar para se manterem competitivas no mercado.

– Sucessão: A sucessão é um desafio importante para as empresas familiares. É importante que as famílias planejem a transferência da gestão do negócio para as próximas gerações.

 

Papel das lojas virtuais familiares no desenvolvimento do e-commerce no Brasil

lojas virtuais

Apesar dos desafios, as lojas virtuais familiares têm um papel importante a desempenhar no desenvolvimento do e-commerce no Brasil.

Algumas dicas para o sucesso das lojas virtuais familiares:

– Investir em profissionalização: É importante que as empresas familiares invistam na capacitação de seus membros para que possam se manter competitivos no mercado.

– Criar um plano de negócios: Um plano de negócios bem estruturado ajudará a empresa a definir seus objetivos e estratégias.

– Utilizar ferramentas de gestão: Existem diversas ferramentas de gestão disponíveis no mercado que podem ajudar as empresas familiares a organizar seus processos e aumentar sua eficiência.

– Manter-se atualizado: O mercado de e-commerce está em constante mudança, por isso é importante que as empresas familiares se mantenham atualizadas sobre as últimas tendências.

Saiba mais

E-commerces cresceu 16,5% no Brasil em 2023

Pequenas e médias empresas de e-commerce faturam R$ 301 mi em outubro

Pré-Black Friday registra R$ 1 bi no e-commerce e recuo de 8,7% nas vendas

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*